Quantcast
Channel: * - Sindrome de Estocolmo - * Agora na Coreia do Sul » Cartuns
Viewing all articles
Browse latest Browse all 5

A nova Moranguinho a as meninas do século XXI

Previous Liniers
0
0

Uma bela lembrança que eu tenho é de Bia brincando com sua Moranguinho e todas as amiguinhas (abacaxizinho, banananinha, laranjinha etc.) de cabelos enroladinhos e bem coloridos. Eu adoro brinquedos e curti muito essas bonecas com minha filha, lá pelo final dos anos 80, começo dos 90. Pena que não guardamos nenhuma delas.

Fiquei muito triste ao ver a nova versão, “repaginada” da Strawberry Shortcake.

Não, não foi nostalgia, nem Síndrome do Ninho Vazio (tudo indica que Bia vai morar sozinha, no campus da faculdade para onde ela vai ser transferida, mas fico feliz ao vê-la batendo as asas). O que dá pena é ver o quanto cada vez mais as meninas vão perdendo preciosos anos da sua infância.

Vejam o que diz a matéria do New York Times (em portugues, aqui):

Moranquinho, parte de uma linha de bonecas perfumadas, agora prefere fruta fresca a jujuba, usa um pouco de batom (mas não rouge), e passa seu tempo falando ao celular, ao invés de escovar seu gato, Mostarda”

Medo… muito medo… agora, olhem bem as duas bonecas e me digam o que vocês percebem? quais as diferenças (e o que elas significam) entre a versão dos anos 80 e a criada agora, pela American Greetings, proprietária dos direitos da boneca, para – como diz a empresa – “acompanhar as mudanças na geração de crianças do século XXI”?

Vão pensando e comentando e eu já volto, pra terminar esse post.

Esse é outro personagem bem tradicional, por aqui – que eu não conhecia – a Angelina, Baliarina, que também foi vítima de um “extreme makeover”… vejam bem, o primeiro desenho é da versão antiga, o de baixo, da mais atual…

Além do óbvio emagracimento, não acham que a primeira ratinha parece mais simpática e a segunda tem um arzinho meio pedante e mais “adulta”?

Fonte: Beloved Characters as Reimagined for the 21st Century (NYT).

Dia 18/06

Isso foi combustão espontânea?

Então… muito interessantes os comentárias de tod@s vocês, que perceberam que a Moranguinho:

  • Está com a imagem mais magra (apesar de que a bonequinha, em si, não o desenho, era mirradinha, lembram? mas uma magrinha com jeito de criança)
  • Fez chapinha, ou escova progressiva de chocolate, nos lindos cabelos encaracolados
  • O cabelo cresceu, deve ter colocado as extensões da Paris Hilton
  • Fez um peeling, tirando as sardas
  • Cresceu, ficou alongada
  • mais adolescente, menos criança
  • Fez uma plástica, afinando o nariz batatudinho
  • Passou a usar roupas mais coladinhas no corpo
  • Agora está numa pose mais “sensual” e menos infantil
  • Virou mangá
  • Trocou o bichano por um celular!!!!

(Esqueci alguma coisa?)

Bom, agora, deixa eu dizer algumas coisas que eu acho desse “makeover”:

1. Concordo com tudo que vocês disseram.

2. A Moranguinho é uma bonequinha-criança.

Sim, eu brinquei com a Suzi e as meninas, depois de mim, brincaram com a Barbie.

Mas essas eram bonecas-adultas e a gente sabia disso. Elas eram como um estágio do que a gente gostaria de ser quando crescesse (tive uma Suzi Espanhola, que me fascinava, porque desde pequena, queria conhecer o mundo).

(Aliás, a Susi era uma mocinha bem normal, com um corpo proporcional. Fiquei impressionada quando, ao pesquisar quais bonecas as crianças têm no Brasil, pra fazer esse post, encontrei essa Susi magérrima. Que horror!)

3. Mas eu também brinquei com várias bonequinhas-criança, que eram como eu. Imperfeitas, rechonchudas, banguelas, bochechudas, barrigudas, pequenas (ainda que, claro, quase todas caucasianas, mas isso é papo pra outro post). Eram bonecas com as quais a gente se identificava, como a Beijoca ou a Amiguinha.

3. O problema é que a Moranguinho, também é uma boneca-criança, e quando ela passa a ser vendida como um protótipo de “peruazinha”, não é a mesma coisa da perua-mor (Barbie). É um estímulo a um comportamento que, na minha opinião, está transformando a infância no paraíso dos pedófilos.

5. Abrindo um parêntesis:

Acho que já comentei aqui que, uma vez, fizemos uma festa da Semana Mundial da Amamentação numa das comunidades em que trabalhávamos. As pessoas da comunidade se apresentavam, num palco enorme. Aí, um grupo de três meninas, que eram como “artistas” do bairro, foram se apresentar com shortinhos minúsculos e maquiagem… dançando na boquinha da garrafa.

Eu comecei a ficar muito incomodada e prestei atenção no monte de homens que estavam ao redor do palco, juro a vocês, literalmente babando pela mexida frenética de quadris daquelas menininhas de10 anos de idade, imitando as caras e bocas da Carla Perez. (Agora seria a Mulher-Melancia?).

Tiramos as meninas do palco o mais rápido possível.

fecha parêntesis.

6. Claro que a “boquinha da garrafa” é um extremo, mas eu fico impressionada, quando vou ao Brasil, com a “sensualidade” das crianças.

Eu sei que crianças são seres sexuais também. Meninas podem ser provocantes e sempre gostaram de testar sua sensualidade, mesmo sem perceber isso. Mas nem preciso dizer que criança não está preparada para ter relações sexuais e cabe à sociedade e aos pais o controle disso.

Mas, ao invés de desestimular, o que a gente vê é um incentivo de um comportamento inadequado pras meninas tão novinhas .

Vejam o desenho da menina no site de um salão de belezas de São Paulo (acima), que está oferecendo – além de maquilagem e unhas artística – a primeira depilação… pelo desenho dá pra se ter uma idéia da mensagem subliminar sobre a idade das meninas que terão sua primeira depilação.

MUUUUUUUUUUUUUUITO MEDO!

Eu não acho nada demais pintar uma unhazinha de vez em quando, botar um batom de brincadeira, são experiências, aprendizado de mulher pra mulher, mas, esse aprendizado vai muito mais alédm, como responde Joyce às perguntas da filhota:

Oh mãe, me explica, me ensina, me diz, o que é feminina?
não é no cabelo, no dengo ou no olhar, é ser menina por todo lugar!”

6. Francamente, as glamourosas acima não parecem todas iguais???

Pra quê ainda precisam meter a mão na nossa Moranguinho e fazer dela uma cópia do padrão “Disney de qualidade”?

Ah… já sei, é porque as empresas apenas resolveram se “adaptar à nova geração”…

Sei… e de onde surgiu essa “nova geração” ou “demanda” ou “tendência”? teria sido combustão espontânea? as crianças – essas danadas – passaram a querer, todas ao mesmo tempo, ser magras, de cabelos lisos, nariz afilado, vestir roupinhas sensuais e largar o gato pra grudar num celular?! as empresas apenas estão se adaptando às crianças modernas. Então tá…

Será que vocês ainda têm paciência pra me ajudar a fazer esse post? Amanhã (19), será um dia super ocupado e não vou poder continuar logo…

Vocês podem me ajudar a responder isso?

Por que vocês acham que as empresas precisam transformar tanto a Moranquinho pra vender? por que existe essa demanda? de onde ela saiu?

(Antes que digam que eu sou pessimista ou que eu “levo tudo muito a sério”, já aviso que eu sei, a Moranguinho não é exatamente a coisa mais importante do mundo, mas é uma forma interessante de exercitar nossa “visão crítica”. E como um filme nunca é só um filme, um brinquedo não é só um brinquedo ;-) )


Viewing all articles
Browse latest Browse all 5

Latest Images

Trending Articles


COPA DE 2014 - CAÇA-PALAVRAS NO CLIMA DA COPA


Planos de Aula - Copa do Mundo


Enxoval do Bebê: Chupetas e Mamadeiras em Ponto Cruz


Jogo de Carta em Java!


Gráfico grátis - Super Mário Bros para ponto cruz


Aula - A Porta estreita


Com 29 anos, Mallu Magalhães celebra e compara sua idade a de Marcelo Camelo


Toalhinha Infantil Fusquinha


Equilíbrio


Sugestões de relatório individual do aluno


5 Mestres de Shaolin (Dublado)


Extremebox TVON Android Tv


Jojo Todynho revela assaduras nos seios por causa do calor


Alfabeto diferente para ponto cruz


Alice Através do Espelho DVD-R


Amor Infinito ~ Renesmee e Demetri escrita por NL [18+]


Isomeria óptica


Atividades de Catequese: Evangelho:Lucas 21, 5-19 Pela sua Perseverança que...


ERRO CNS 0227


O Melhor do Flash Back





Latest Images